Notícias » Estados Unidos

Oficial norte-americano enfrenta acusações após ser flagrado agredindo suspeito

O novo caso de brutalidade policial nos Estados Unidos gerou indignação e protestos

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 29/07/2021, às 14h21

Montagem unindo fotografia de oficial acusado e imagens de sua agressão
Montagem unindo fotografia de oficial acusado e imagens de sua agressão - Divulgação / Polícia de Aurora, no Colorado

No estado norte-americano de Colorado, um policial foi preso após a câmera acoplada em seu uniforme registrá-lo sendo violento com um suspeito. 

O oficial entregou-se às autoridades na última segunda-feira, 26, segundo divulgado pela CBS e repercutido pelo UOL. 

John Haubert agrediu o homem que levava sob custódia na cabeça fazendo uso de sua arma, e em seguida ainda o sufocou com uma das mãos, ao que a gravação registrou a vítima dizendo que não conseguia respirar. 

Agora, o policial é acusado de má conduta, agressão em primeiro e segundo grau e outros crimes. 

“Estamos revoltados. Estamos com raiva. Isso não é trabalho da polícia. Nós não treinamos isso. Não é aceitável", afirmou Vanessa Wilson, que é chefe de polícia da cidade onde o episódio ocorreu. A mensagem foi divulgada em um comunicado também reproduzido pelo UOL. 

A parceira do oficial acusado, que é a policial Francine Martinez, também enfrentará a justiça estadunidense, no caso dela por não ter impedido a conduta violenta de John

Vale acrescentar que Haubert foi liberado também na segunda-feira após pagar uma fiança de mil dólares, o que seria equivalente a 5 mil reais. 

O acontecimento recente provocou o desenrolar de mais manifestações contra a brutalidade policial nos Estados Unidos, questão que tem estado em relevância desde a morte de George Floyd pelas mãos de um oficial em maio de 2020.