Notícias » Arqueologia

Oficina de machados é a mais antiga já encontrada em Marrocos, dizem pesquisadores

Descoberta fez arqueólogos perceberem que um método de criação de ferramentas começara milhares de anos antes do que antes pensado

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 28/07/2021, às 14h20

Machados de mão encontrados neste mês de julho
Machados de mão encontrados neste mês de julho - Divulgação / Museu de Toulouse

Segundo repercutido pelo The Guardian nesta quarta-feira, 28, um time de 17 arqueólogos em Marrocos desenterrou a mais antiga oficina de fabricação de machados de mão já encontrada no país e na porção norte da África em geral. 

O sítio arqueológico é datado de impressionantes 1,3 milhões de anos atrás, pertencendo, portanto, à Idade da Pedra. O tipo das ferramentas permitiu aos pesquisadores as identificarem ainda como características da “cultura acheuliana”. Esse método de criação teria sido usado pelo Homo Erectus e alguns dos primeiros Homo Sapiens. 

Essa descoberta, todavia, que configurou-se também como a mais antiga evidência de atividade humana em Marrocos, desafia o conhecimento que tínhamos a respeito desse hábito artesanal, mostrando que a cultura acheuliana teve início milhares de anos antes do que a comunidade científica acreditava anteriormente. Ela teria sido utilizada por variantes do Homo Erectus. 

“É muito importante porque estamos falando sobre o tempo pré-histórico, um período complexo para o qual existem poucos dados”, alegou Abderrahim Mohib, co-diretor do programa que coordenou as escavações, ainda conforme o The Guardian.