Notícias » Brasil

Olavo de Carvalho morre sem quitar dívida com Caetano Veloso

O guru do bolsonarismo foi processado pelo cantor e deve R$ 2,9 milhões

Penélope Coelho Publicado em 26/01/2022, às 08h00 - Atualizado às 08h30

Olavo de Carvalho e Caetano Veloso
Olavo de Carvalho e Caetano Veloso - Divulgação/Youtube/Olavo de Carvalho / Getty Images

Na última segunda-feira, 24, o guru do bolsonarismo, Olavo de Carvalho, morreu nos Estados Unidos, aos 74 anos de idade. Segundo sua filha, o influenciador faleceu por complicações da Covid-19.

De acordo com informações publicadas pelo jornal Correio Braziliense, Olavo morreu devendo R$ 2,9 milhões ao cantor e compositor Caetano Veloso. O pagamento deveria ser realizado ao músico em decorrência de um processo aberto por Caetano em 2017.

A ação judicial foi motivada por uma fala de Carvalho nas redes sociais, que acusou o cantor de pedofilia. O escritor se referia a relação de Veloso com Paula Lavigne.

Segundo revelado na reportagem, o influenciador de extrema direita chegou a pagar quase R$ 66 mil a Caetano, no entanto, se recusou a retirar as postagens das redes sociais.

Agora, com a morte de Olavo será iniciado um processo de inventário de seus bens. Somente após isso, o cantor poderá pedir para que a ação tenha continuidade, para receber a partir do valor dos bens do processado, conforme instituído por lei.