Notícias » Esportes

Olimpíadas: Para priorizar saúde mental, Simone Biles desiste de finais da ginastica

Favorita para ficar com o ouro na ginástica artística, americana havia desabafado com a imprensa antes de tornar oficial a decisão: “Já não confio mais em mim mesma como antes”

Fabio Previdelli Publicado em 28/07/2021, às 09h44

A ginasta Simone Biles
A ginasta Simone Biles - Getty Images

Na manhã desta quarta-feira, 28, a equipe de ginastica dos Estados Unidos confirmou oficialmente que a atletaSimone Biles, um dos grandes nomes dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, decidiu não disputar as finais da competição individual geral, conforme noticia a ESPN. 

“Após avaliação médica adicional, Simone Biles retirou-se da competição individual geral. Apoiamos de todo o coração a decisão de Simone e aplaudimos sua bravura em priorizar seu bem-estar. Sua coragem mostra, mais uma vez, por que ela é um modelo para tantos", declarou a USA Gymnastics em comunicado.  

Grande favorita para ganhar a medalha de ouro, Biles se demonstrou pouco confortável com tantos holofotes virados para si desde o primeiro dia de competição, o que parece ter refletido em sua performance — já que ela teve erros significativos em todos os aparelhos, embora nem isso tenha tirado a americana da primeira colocação.  

Depois das provas que disputou, Simone conversou com a imprensa e admitiu que não apenas um problema em seu tornozelo, que foi enfaixado, a tirou da disputa em equipes da ginástica. "Foi para focar no meu bem-estar, na minha saúde mental. Vocês sabem, a vida não é apenas ginástica", desabafou. 

"Ainda que seja algo grandioso os Jogos Olímpicos, no fim do dia, queremos sair caminhando daqui, não sair de muletas. Eu já não confio mais em mim mesma como antes. Não sei se é a idade, estou um pouco mais nervosa me apresentando. Sinto como se já não me divertisse tanto, sei disso", completou.