Notícias » Coronavírus

Ômicron será mais da metade dos casos de covid-19 na Europa

Cálculos matemáticos consideraram o possível contágio da nova variante no continente nos próximos meses

Isabela Barreiros Publicado em 02/12/2021, às 14h46

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Divulgação/Pixabay/neelam279

Cálculos matemáticos reunidos em um relatório do Centro Europeu para a Prevenção e o Controle das Doenças (ECDC) informam que a variante ômicron da covid-19 pode provocar grande parte dos casos da doença no continente nos próximos meses.

Em nota, a agência declarou que a "ômicron pode provocar mais da metade das infecções provocadas pelo vírus SARS-CoV-2 na União Europeia nos próximos meses", como foi noticiado pelo portal g1.

Ainda não se sabe se a nova cepa do coronavírus possui maior velocidade de transmissão e ainda existem muitas dúvidas sobre suas características. Pesquisadores sul-africanos, país onde a variante foi detectada, afirmaram que ela apresenta 50 mutações.

Embora esteja causando grande preocupação ao redor do mundo, nenhuma morte atribuída à variante ômicron foi registrada até o momento.

Cientistas ressaltam que ainda é difícil dizer qual será o impacto da nova cepa de covid-19, também chamada de B.1.1529 na pandemia. A Organização Mundial da Saúde (OMS) a classificou como “preocupante” logo após sua identificação.