Notícias » Saúde

OMS lista principais recomendações que devemos ter em festas de fim de ano

Com o surgimento da mutação Ômicron da covid-19 e de uma variante de gripe, os eventos são contestados; entenda

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Isabela Barreiros Publicado em 22/12/2021, às 08h30

Imagem ilustrativa de brinde no fim de ano
Imagem ilustrativa de brinde no fim de ano - Foto de cottonbro no Pexels

Durante a última segunda-feira, 21, a Organização Mundial da Saúde lançou um comunicado visando orientar o comportamento para prevenir a disseminação da nova variante da covid-19, nomeada ômicron, durante os eventos promovidos internacionalmente no durante o Natal e confraternização universal pelo Réveillon.

Prezando a ventilação, a lista prioriza que encontros de Natal sejam realizados em locais arejados, contando com convidados vacinados e dando uma atenção especial aos participantes de saúde mais frágil da confraternização.

A OMS também pautou as viagens de fim de ano, orientando cuidado com os meios de locomoção pela possibilidade de contato fechado com diversos outros passageiros.

Por parte das administrações públicas, a organização já orientou anteriormente que os governos limitem ou cancelem ocasiões com multidões pelo potencial de novos registros da variante altamente transmissível, como informou o portal G1.

Além disso, recomenda que o uso de máscaras se mantenha obrigatório, ao menos, durante esses picos de aglomeração.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, acrescentou que a desaceleração no crescimento de casos possibilita o alcance da vacina aos locais menos favorecidos e, dessa forma, proporcionar igualdade na saúde pública:

“É melhor cancelar eventos agora e celebrar depois, do que celebrar agora e enfrentar o luto mais tarde”.