Notícias » Guerra

ONU estima que mais de 4 milhões de ucranianos buscaram refúgio de guerra

Trata-se do maior deslocamento europeu desde a Segunda Guerra Mundial

Wallacy Ferrari Publicado em 30/03/2022, às 10h26

Ucranianos deixando país durante a guerra
Ucranianos deixando país durante a guerra - Getty Images

Em balanço atualizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quarta-feira, 30, o número de refugiados ucranianos que tiveram de deixar seu país durante a conturbada guerra contra a Rússia superou a marca de quatro milhões, sendo o maior fluxo de refugiados europeus desde a Segunda Guerra Mundial.

Para ser exato em registros, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) registrou 4.019.287 ucranianos atravessando as fronteiras do país desde o início do conflito, que se deu na invasão russa durante a madrugada de 24 de fevereiro. A maioria os registros são de mulheres e crianças.

Mais da metade do número total de refugiados preferiram buscar proteção na Polônia, que recebeu 2,3 milhões de cidadãos do país vizinho até o momento, superando até mesmo a projeção inicial de deslocamento populacional feita pelo Alto Comissariado no início da guerra, como informou o portal de notícias UOL.

O deslocamento interno também chama atenção; mais de 10 milhões de ucranianos, o equivalente a 25% da população do país, tiveram de deixar suas casas em decorrência do conflito.