Notícias » Estados Unidos

Organização criminosa do Brasil é alvo de sanções nos EUA

O Primeiro Comando da Capital, PCC, foi listado na ordem executiva assinada por Biden

Redação Publicado em 16/12/2021, às 07h44

Joe Biden, presidente dos EUA
Joe Biden, presidente dos EUA - Getty Images

Na última quarta-feira, 15, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou uma ordem executiva com objetivo de combater o crime organizado e redes de tráfico de drogas em âmbito internacional.

Uma das facções que está entre os alvos das sanções é a organização criminosa brasileira chamada de Primeiro Comando da Capital, PCC. Essa é a primeira vez que um cartel do Brasil entra na lista.

"O PCC, uma das maiores redes de tráfico de cocaína do mundo, foi a entidade brasileira designada nesta ação. O PCC está envolvido principalmente no tráfico de drogas, mas também em lavagem de dinheiro, extorsão, assassinato por aluguel e cobrança de dívidas de drogas ", afirmou em nota, o governo dos Estados Unidos.

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias g1, a medida designou 10 indivíduos e 15 entidades em quatro países, que segundo os EUA contribuem para "proliferação internacional de drogas ilícitas ou seus meios de produção".

Com isso, os bens e interesses dos listados que estão em solo norte-americano ou na posse e controle do país serão bloqueados e reportados ao Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) americano.