Notícias » Paleontologia

Ossos de dinossauro conservados em pedra preciosa são encontrados na Austrália

Pertencentes a um rebanho de gigantes, os fósseis se preservaram em opalas

Joseane Pereira Publicado em 07/06/2019, às 10h26

Vértebra fossilizada de Fostoria dhimbangunmal
Vértebra fossilizada de Fostoria dhimbangunmal - Reprodução

Nos anos 80, em uma mina de opala no interior da Austrália, o minerador Robert Foster se deparou com algo curioso: uma enorme quantidade de fósseis brilhantes.

Encontrados próximo à cidade de Lightning Ridge e doados recentemente pelos filhos de Foster ao Australian Opal Centre, os ossos passaram pela análise de uma equipe de cientistas da Universidade da Nova Inglaterra em Armidale, na Austrália, que revelou pertencerem a uma manada de dinossauros até então desconhecidos.

A espécie foi batizada de Fostoria dhimbangunmal, nome que significa Pátio de Ovelhas no idioma local, como tributo à mina de opala Sheepyard onde foram encontrados. A mostra continha quatro indivíduos, alguns juvenis e outros adultos, que poderiam ter até 6 metros de comprimento.

Herbívoros gentis

Segundo Phil Bell, paleontólogo da Universidade da Nova Inglaterra que lidera a pesquisa, o tamanho e quantidade de animais foram identificados com base em quatro diferentes omoplatas. "Todos nós assumimos inicialmente que esta pilha de ossos era de um único indivíduo, até que eu comecei a juntar o esqueleto e examinar cada um dos ossos, um por um, percebendo que algo não se encaixava bem".

Um osso de membro inferior do Fostoria / Créditos: Reprodução

 

"Como um herbívoro gentil, esses dinossauros não tinham muito em termos de defesa", disse Bell. “Eles não tinham garras afiadas ou chifres, então a segurança em números era provavelmente sua melhor aposta".

Os Fostoria viveram durante o período cretáceo, quando Lightning Ridge era uma planície inundada. Embora a maioria dos fósseis encontrados em Opala seja de animais marinhos, alguns ossos de dinossauros terrestres acabavam escorregando para a água e  interagindo com minerais de sílica como o Opala.

O processo de fossilização consiste no acúmulo de minerais em material orgânico. Com o passar do tempo, o opala foi se acumulando nas cavidades dos ossos de Fostoria, formando essa belas réplicas.

Bell acredita que Lightning Ridge ainda tenha fósseis de dinossauros em suas opalas profundamente enterradas. "É realmente importante reconhecer o trabalho dos mineradores, porque sem eles não saberíamos nada sobre esse misterioso mundo pré-histórico", afirmou o pesquisador.