Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Elon Musk

Pai de Elon Musk revela não sentir orgulho do empresário

Erron Musk, pai de Elon Musk, comenta sobre ascensão de seu filho

Redação Publicado em 02/08/2022, às 14h12

Imagem de Elon Musk - Imagem/GettyImages
Imagem de Elon Musk - Imagem/GettyImages

Em entrevista ao programa de rádio 'The Kyle and Jackie O Show', Errol Musk, de 76 anos, disse não ter orgulho do progresso da carreira do filho.

Não [tenho orgulho]. Você sabe, somos uma família que faz muitas coisas há muito tempo, não é como se de repente tivéssemos começado a fazer algo", afirmou.

Apesar da declaração polêmica envolvendo o seu filho, Erroladmitiu que ele teve mais feitos comparado aos seus outros dois irmãos, Kimbal e Tosca, ambos tiveram muitos feitos juntos, como ir a China e à floresta amazônica, "Mas Elon realmente superou a marca", admitiu. (Ele também tem mais três herdeiros: Asha, Elliot e Alexandra.)

Errol ainda declarou que dono da Tesla e da SpaceX, parece estar "atrasado" em relação a evolução planejada para sua empresa.

"Ele está frustrado com o progresso e isso é compreensível. Eu sei que parece loucura, mas tendemos a pensar assim como uma família. Ele tem 50 anos agora e ainda penso nele como um garotinho. Mas ele tem 50 anos, quero dizer, é um homem velho."

Orgulho do filho mais novo

Embora esteja longe do patrimônio de US$260 bilhões de Elon, Errol afirmou que Kimbal, irmão mais novo do bilionário, é "o orgulho e a alegria" de sua vida. De acordo com o pai, o caçula é um chef de cozinha renomado.

Segundo artigo da Forbes do ano passado, o patrimônio líquido do chef é de US$ 700 milhões, destacando as conquistas do filho dentro da profissão.

Possível doação de esperma

As polêmicas envolvendo o pai de Elon Musk não param por ai, Errol Musk levantou outra na sua entrevista recente para o 'The Sun': ele afirmou estar preparado para doar espermas a mulheres sul-africanas de classe alta.

"Tem uma empresa que quer que eu doe esperma para engravidar mulheres de classe alta. Eles dizem: 'por que recorrer a Elon quando eles podem recorrer à pessoa real que criou Elon?'", afirmou ao jornal.

Errol afirma que não foi oferecido nenhum dinheiro para ele, mas que foi ofertado outras vantagens caso aceitasse, "Eles não me ofereceram nenhum dinheiro, mas me ofereceram viagens de primeira classe e acomodações em hotéis cinco estrelas e todo esse tipo de coisa".

Ao ser questionado se ele aceitaria realizar a doação sem receber nenhum custo financeiro, Erron informou que não vê problema, "Se eu pudesse ter outro filho, eu teria. Não vejo nenhuma razão para não fazê-lo", afirmou anteriormente ao 'The Sun'.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.