Notícias » Rússia

Palavra ‘guerra’ tem maior pico de pesquisa no Google em 18 anos

Buscas relacionadas ao conflito envolvendo Rússia e Ucrânia aumentaram drasticamente na plataforma desde o começo de fevereiro

Redação Publicado em 07/03/2022, às 10h25

Imagem meramente ilustrativa das Forças Armadas da Ucrânia
Imagem meramente ilustrativa das Forças Armadas da Ucrânia - Getty Images

As buscas dos brasileiros por palavras relacionadas ao conflito entre Rússia e Ucrânia, desde a movimentação de tropas para a fronteira entre os países no começo de fevereiro, aumentou drasticamente na plataforma do Google.

Segundo um levantamento feito pela CNN a partir da ferramenta de busca online do Google, a procura pelo termo “guerra”, por exemplo, quadruplicou desde o início das tensões entre os países e atingiu seu maior pico em 18 anos.

A palavra não era tão buscada desde 2004, período em que os Estados Unidos estavam realizando a invasão ao Iraque e o mundo vivia em uma grande tensão, fazendo com que o termo fosse muito procurado na plataforma.

Além das buscas por “guerra”, os internautas também estão pesquisando informações sobre a Ucrânia. Segundo o levantamento, houve um aumento de 1.650% nas buscas de dados sobre a região apenas no último mês, assim como a Rússia, cuja procura cresceu 85% na internet.

Os presidentes dos dois países também passaram a ser mais procurados na plataforma. Vladimir Putin teve um salto de 2.400% em relação a janeiro e Volodymyr Zelensky foi procurado em um aumento de 4.900%.

Os brasileiros ainda apresentaram dúvidas sobre o conflito e decidiram pesquisar sobre isso no Google. De acordo com a CNN, a pergunta mais feita foi “o que é a Otan”, que teve um crescimento de 3.200%, e “por que a Rússia está atacando a Ucrânia”, cuja pesquisa aumentou em 1.800%.