Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Bicentenário

Panteão do Patriarca da Independência será restaurado com conceito “instagramável”

Objetivo é incentivar visitantes a tirar fotos junto à escultura de José Bonifácio de Andrada e Silva

Isabelly de Lima, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 24/06/2022, às 19h21

Imagem divulgada pela prefeitura de Santos para promover a obra - Divulgação / Prefeitura de Santos
Imagem divulgada pela prefeitura de Santos para promover a obra - Divulgação / Prefeitura de Santos

O monumento que homenageia o Patriarca da Independência, José Bonifácio de Andrada e Silva, o Panteão dos Andradas, começará a ser restaurado até o fim deste mês, em Santos, no litoral de São Paulo.

O monumento foi inaugurado em 7 de setembro de 1923 e a revitalização deve ficar pronta até setembro, para as comemorações dos 200 anos da Independência.

Nascido no dia 13 de junho do ano de 1763, em Santos, Andrada e Silva teve um papel crucial para o rompimento entre o reino de Portugal e o Brasil colônia. Elaborado por Ney Caldatto, da Secretaria de Infraestrutura e Edificações da Prefeitura de Santos, o projeto para o panteão prevê a integração do monumento à Praça Barão do Rio Branco, no centro da cidade. 

O lugar contará com uma estátua de José Bonifácio, assim possibilitando que a população tire fotos e selfies com a escultura, num conceito “instagramável”. A restauração inclui a reconstituição de partes de alto-relevo em gesso e placas de mármore, tal como limpeza e polimento das paredes e do piso em mármore.

Preço do restauro

O telhado é outra coisa que será modificada. Sob as telhas originais, de barro, será colocada uma sub cobertura com telha metálica, para proteção contra infiltrações. Outros serviços incluem a criação de iluminação cênica a fim de valorizar os ambientes internos e externos, segundo o Terra.

A obra será custeada pela empresa Santos Brasil e tem um orçamento de R$ 1,5 milhão. A companhia se responsabilizará também pela compra da escultura em bronze do Patriarca, em tamanho real, além da instalação na Praça Barão do Rio Branco. O custo corresponde a medidas o custeio corresponde a medidas compensatórias pelo funcionamento de um Centro Logístico e Industrial Aduaneiro (Clia) da empresa, no bairro Alemoa.

A restauração faz parte de um conjunto de obras e ações que vem sendo definidas pela Comissão do Bicentenário, designada pela Prefeitura de Santos. Também integram a comissão representantes do Instituto Histórico e Geográfico, Ordem dos Advogados do Brasil, Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Santos, Movimento Pró-Memória José Bonifácio, universidades e a Comissão Especial dos Vereadores do Bicentenário.

Panteão irá passar por uma grande restauração - Foto: Divulgação / Prefeitura de Santos