Notícias » Vaticano

Papa Francisco afasta bispo acusado de encobrir crime de pedofilia

Segundo informou a AFP, o substituto provisório do pontífice afastado é o arcebispo polonês Grzegorz Rys, da cidade de Lodz

Vanessa Centamori Publicado em 26/06/2020, às 07h00

Papa Francisco
Papa Francisco - Wikimedia Commons

Conforme anunciou hoje o Vaticano, o Papa Francisco afastou o bispo Edward Janiak, acusado de encobrir um caso de pedofilia, e colocou um administrador provisório no cargo que ele ocupava, de direção da diocese polonesa de Kalisz.

As informações foram apuradas pela Agência France Presse (AFP). O substituto do bispo afastado, segundo divulgado, é o arcebispo Grzegorz Rys, da cidade de Lodz. A substituição ocorre como resposta à uma investigação aberta no começo do mês envolvendo o antigo pontífice. 

A apuração do caso ocorreu a pedido do arcebispo polonês, Wojciech Polak, 15 dias depois de um documentário sobre os casos de pedofilia na Igreja Católica polonesa ser lançado no Youtube. O filme mostra a cobertura fornecida pelo bispo Edward Janiak frente aos escândalos. 

O documentário foi assistido por mais de 7 milhões de pessoas. Ele é de autoria de um jornalista independente chamadoTomasz Sekielski. A produção retrata dois irmãos alvos de abusos sexuais e que são vítimas de um sacerdote protegido pelo bispo afastado.