Notícias » Brasil

Papa Francisco autoriza título de “Servo de Deus” para dois brasileiros

Isabella Cristina Mrad Campos será reconhecida como mártir, e Roberto Giovanni como uma pessoa de virtudes heroicas; entenda!

Ingredi Brunato Publicado em 28/10/2020, às 15h37

Fotografia do Papa Francisco
Fotografia do Papa Francisco - Getty Images

Nessa terça-feira, 27, o Papa Francisco autorizou a promulgação de decretos que tornarão dois brasileiros, Isabella Cristina Mrad Campos e Roberto Giovanni, possuidores do título “Servo de Deus”, que é prestado pela Igreja Católica quando se dá a abertura do processo de canonização daquela pessoa. 

Os decretos do Vaticano reconhecem Isabella, que foi assassinada em 1982, durante uma tentativa de estupro, como mártir. Ela tinha apenas 20 anos quando sofreu o crime, cometido por um homem contratado para montar um guarda-roupa em seu apartamento. 

Roberto Giovanni está sendo reconhecido pelas suas virtudes heróicas: teve uma vida dedicada a prestar assistência espiritual aos pobres e doentes. Morto aos 90 anos, em 1994, ele era visto como um santo em vida.

Por esse motivo, justamente, no caso dele será buscado o prosseguimento do processo de beatificação, para o qual, contudo, é necessária a comprovação de um milagre. Atualmente, existem 37 santos brasileiros reconhecidos pela Igreja Católica.