Notícias » Vaticano

Papa Francisco agradece jornalistas que expuseram escândalo de pedofilia na Igreja Católica

Em cerimônia no último sábado, 13, o pontífice elogiou o trabalho da imprensa, que deu 'voz às vítimas de abuso'

Pamela Malva Publicado em 15/11/2021, às 15h00

Papa Francisco durante passeio em 2021
Papa Francisco durante passeio em 2021 - Getty Images

No último sábado, 13, durante uma cerimônia em homenagem a dois jornalistas, o Papa Francisco agradeceu pelo trabalho da imprensa, que revelou o escândalo de pedofilia dentro da Igreja Católica Romana. As informações são da Reuters, via UOL.

O evento tinha como objetivo reconhecer os trabalhos de Philip Pullella, da Reuters, e Valentina Alazraki, da rede mexicana Noticieros Televisa. Os dois correspondentes foram homenageados por suas longas carreiras cobrindo notícias do Vaticano.

Durante a cerimônia, então, o Papa Francisco elogiou o trabalho que chamou de "missão do jornalismo". Nesse sentido, o pontífice deixou claro que os repórteres devem descobrir o que acontece no mundo para combater a desinformação.

Agradeço vocês pelo que nos dizem sobre o que está errado na Igreja, por nos ajudar a não esconder isso embaixo do tapete, e pela voz que vocês deram às vítimas de abuso", afirmou o pontífice, ainda segundo informações da Reuters.

A primeira vez que os escândalos de abuso sexual na Igreja Católica Romana chegaram ao conhecimento do público foram quando o jornal norte-americano The Boston Globe publicou diversos artigos expondo crimes realizados por clérigos contra menores de idade, além de uma cultura de ocultar tais acontecimentos na Igreja.