Notícias » Religião

Papa Francisco pede ajuda internacional para distribuição de vacinas para países pobres

Em missa de Páscoa, acrescentou que os imunizantes são as melhores armas contra o negacionismo

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 05/04/2021, às 08h09

Fotografia do Papa Francisco durante evento
Fotografia do Papa Francisco durante evento - Wikimedia Commons

Durante o último domingo de Páscoa, 4, o Papa Francisco aproveitou para manifestar seus anseios em relação aos menos favorecidos durante a tradicional missa anual na basílica de São Pedro, no Vaticano, como informou o portal UOL; durante a cerimônia, o líder religioso solicitou ajuda internacional para que haja compartilhamento de vacinas contra a covid-19 em países pobres.

Abalado, usou o palanque do importante evento para explicar a necessidade: "No espírito de internacionalismo das vacinas, eu exorto toda a comunidade internacional a se comprometer para superar os atrasos na distribuição e favorecer o compartilhamento, em particular com os países mais pobres", afirmou o argentino.

Durante a benção Urbi et Orbi – em condições normais, pronunciada na sacada da estrutura e direcionada ao mundo – o papa acrescentou que os imunizantes "constituem um instrumento essencial na luta" contra o novo coronavírus e, principalmente, contra o "negacionismo suicidário" dos que se manifestam contrários as vacinas.

Pelo segundo ano consecutivo, a segunda missa de maior importância para a igreja católica foi realizada na basílica de São Pedro com a praça vazia, tendo a presença apenas de pequenos grupos de religiosos e fiéis dentro da estrutura, respeitando o distanciamento social.