Notícias » Canadá

Papa pede desculpa aos indígenas canadenses: ‘Muito triste'

O pedido de desculpas do Papa Francisco se refere aos casos de abuso de crianças indígenas, em internatos gerenciados pela Igreja Católica

Penélope Coelho Publicado em 01/04/2022, às 11h33

Fotografia do Papa Francisco
Fotografia do Papa Francisco - Getty Images

Nesta sexta-feira, 1, o Papa Franciscorealizou um pedido público de desculpas aos povos indígenas do Canadá. O pontífice se desculpou pelo sistema de internatos relacionados à Igreja Católica, onde crianças indígenas foram abusadas por cerca de 100 anos.

O caso em questão foi mundialmente revelado somente no ano passado, após o descobrimento de valas comuns com restos mortais de índios menores de idade, em solo canadense.

De acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo, no último final de semana, Francisco participou de uma série de reuniões privadas com grupos de líderes de diversas nações indígenas do país.

Em discurso aos nativos, o religioso afirmou:

“Pelo comportamento deplorável desses membros da Igreja Católica, peço perdão a Deus e gostaria de dizer a vocês do fundo do meu coração que estou muito triste [...] Eu me junto aos meus irmãos bispos canadenses pedindo desculpas”.

O Papa continuou:

“Recebi, com muita tristeza no coração, as histórias de sofrimento, privação, tratamento discriminatório e diversas formas de abusos sofridos por vários de vocês, especialmente em internatos”.

Os líderes das comunidades indígenas, por sua vez, pedem para que o Papa realize o pedido de desculpas diretamente do Canadá. Segundo revelado na publicação, Francisco afirmou que gostaria de viajar ao país em julho deste ano.