Notícias » Personagem

Para Boris Johnson, Ucrânia não entrará para a Otan tão cedo

Primeiro-ministro britânico expressou sua visão nesta quarta-feira, 16

Redação Publicado em 16/03/2022, às 10h32

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson
O primeiro-ministro britânico Boris Johnson - Getty Images

Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, declarou nesta quarta-feira, 16, que a Ucrânia não se juntará à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) tão cedo.

A fala surge um dia após o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, ter dado indícios de que poderia desistir de tentar entrar para a aliança militar.

"Se não podemos entrar por meio de portas abertas, então temos de cooperar com associações com as quais possamos, às quais nos ajudem, a nos proteger... e ter garantias separadas", disse Zelensky.

"Falei com Volodymyr novamente ontem e é claro que entendo o que ele está dizendo sobre a OTAN e a realidade da posição. E todo mundo sempre disse - e deixamos claro para Putin- que não há como a Ucrânia se juntar à Otan tão cedo", declarou o premiê britânico, de acordo com informações do portal UOL.

Johnson, porém, destacou que a decisão caberá à Ucrânia e ao presidente eleito, que terão apoio do Reino Unido.

Para VladimirPutin, a Otan, que surgiu para fazer frente à União Soviética, representa uma ameaça à segurança da Rússia. Por esse motivo, o líder russo exige uma declaração formal de que a Ucrânia jamais se junte à aliança.