Notícias » Índia

Para conter maior infestação de gafanhotos dos últimos 30 anos, Índia utiliza drones

Quando chega na fase adulta, a espécie, gafanhoto do deserto, pode voar até 150 quilômetros diários

Paola Churchill Publicado em 02/06/2020, às 12h27

Imagem de gafanhotos do deserto
Imagem de gafanhotos do deserto - Divulgação

Desde o início de maio desse ano, a Índia — além de enfrentar a pandemia do novo coronavírus — está encontrando problemas para conter a maior infestação de gafanhotos dos últimos 30 anos.

Os enxames podem chegar a medir sete quilômetros de comprimento e essa espécie, o gafanhoto do deserto, quando chega a fase adulta é capaz de voar até 150 quilômetros por dia. A praga já se alastrou por mais de cinco territórios do país.

Como forma de conter os invasores que destroem lavouras inteiras rapidamente, o governo indiano está utilizando drones e até mesmo caminhões de bombeiros para espalhar pesticida nas plantações.

A Organização para Agricultura e Alimentação das Nações Unidas (FAO) afirmou que os bichos começaram a surgir após a passagem do ciclone Amphan, que atingiu a Índia e Bangladesh em maio desse ano.