Notícias » Entretenimento

Para Daniel Craig, James Bond não deve ser interpretado por uma mulher

“Deveria haver papéis melhores para mulheres e atores negros”, disse o ator

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/09/2021, às 10h06

Daniel Craig na promoção de James Bond em 2005
Daniel Craig na promoção de James Bond em 2005 - Getty Images

Daniel Craig não viverá mais o lendário James Bond após “007 - Sem Tempo para Morrer (No Time to Die)”, que está previsto para ser lançado em 30 de setembro. Em entrevista ao Radio Times, o ator falou sobre sua substituição na série de filmes. 

Craig disse que acredita que James Bond não deveria ser interpretado uma mulher na sequência da franquia. “Deveria haver papéis melhores para mulheres e atores negros”, afirmou

O artista explicou ainda que as atrizes deveriam ter seus próprios papéis escritos para personagens mulheres. Na opinião do ator, estes seriam melhores que aqueles escritos para homens, como Bond.

“Por que uma mulher deveria interpretar James Bond quando deveria haver um papel tão bom quanto James Bond, mas para uma mulher?”, questionou. 

Ele ainda sugeriu que a presença da atriz e escritora britânica Phoebe Waller-Bridge, criadora da série Fleabag, na equipe de roteiristas seria uma forma de “apimentar” a franquia. 

No entanto, Daniel ressaltou que ela “não estava disposta a levá-lo em uma direção diferente", visto que era uma fã de longa data do famoso James Bond, como destacou a NME.