Notícias » Mundo

Para filha de Soleimani, Trump é “louco” e um “dia sombrio” chegará para os Estados Unidos

Declaração foi feita durante funeral do general morto por drones norte-americanos

Joseane Pereira Publicado em 06/01/2020, às 09h00

Protesto no Irã após a morte de Soleimani
Protesto no Irã após a morte de Soleimani - Getty Images

Nesta segunda-feira (6), Zeinab Soleimani, filha do general iraniano Qasem Soleimani, afirmou que o martírio de seu pai levará os Estados Unidos e seu aliado Israel a um “dia escuro”. A declaração foi feita durante evento fúnebre na Universidade de Teerã.

"Trump, seu louco, não pense que tudo terminou com o martírio de meu pai", afirmou ela em um discurso direcionado a milhares de pessoas durante o funeral do general. As orações foram dirigidas pelo aiatolá Ali Khamenei, maior liderança do Irã, e os restos mortais de Soleimani serão transferidos para um centro xiita do Islã denominado Qom.

Em uma visita do presidente do Irã, Hasan Rohaní, à casa do líder militar assassinado, Zeinab pediu que ele vingasse a morte de seu pai.