Notícias » Brasil

Para Flávio Bolsonaro, pai é ‘vítima do ódio de mal amados hipócritas’

O presidente foi internado na manhã de ontem, 3, em São Paulo, em decorrência de uma obstrução intestinal

Redação Publicado em 04/01/2022, às 12h01

O senador Flávio Bolsonaro
O senador Flávio Bolsonaro - Getty Images

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) falou sobre a situação de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, que está internado desde a manhã de ontem, 3, em São Paulo, em decorrência de uma obstrução intestinal.

Para o político, o dirigente é “vítima do ódio de mal amados hipócritas” que desejam a morte dele. Flávio também fez referência a Adélio Bispo de Oliveira, responsável pelo atentado ao presidente em 2018, classificando-o como um “ex-militante do Psol”.

“Cada vez que ele passa por isso é impossível não se indignar com a mentira de que Bolsonaro tem discurso de ódio, quando na verdade ele é a vítima do ódio de um ex-militante do PSol e de mal amados hipócritas desejando sua morte”, escreveu.

Ainda em suas redes sociais, o filho de Bolsonaro afirmou que “graças a Deus meu pai passa bem”. A primeira-dama Michelle Bolsonaro também comentou em seu perfil a situação do marido e relembrou o ataque.

“Agradeço as orações e as mensagens de carinho, recebidas pela internação do Jair, decorrente do atentado que sofreu em 2018. Sequela que levaremos para o resto de nossas vidas. Mas Deus é bom e tem o controle de todas as coisas", escreveu Michelle.

De acordo com informações do médico pessoal de Bolsonaro, Antônio Macedo, divulgadas nesta manhã, a necessidade de uma intervenção cirúrgica foi descartada até o momento e ele seguirá com o tratamento clínico.