Notícias » Titanic

A partir de 2021, empresa realizará expedições até o Titanic

Jornada que durará oito dias, custa cerca de 720 mil reais — passeio representa os primeiros mergulhos até lá nos últimos 15 anos. Confira mais detalhes!

Fabio Previdelli Publicado em 31/10/2020, às 08h30

A icônica cena do filme Titanic (1997)
A icônica cena do filme Titanic (1997) - Divulgação/Paramount Pictures

A tragédia do RMS Titanic é um dos naufrágios mais famosos da história. O desastre, que aconteceu em 15 de abril de 1912, no oceano Atlântico, vitimou mais de 1.400 pessoas e, desde então, se tornou um grande marco, eternizado com o filme de James Cameron em 1997. 

Agora, mais de um século depois, os restos da icônica embarcação que colidiu com um iceberg poderá ser visitada. Tudo porque, a partir de maio de 2021, a OceanGate Expeditions, empresa especializada em excursões subaquáticas, informou que realizará passeios até o navio — o que representará os primeiros mergulhos até lá nos últimos 15 anos, segundo informou o UOL

Segundo Stockton Rush, presidente da companhia, os interessados em fazerem parte das expedições deverão pagar a bagatela de 125 mil dólares, algo na casa dos 720 mil reais. Apesar do preço mais salgado que a água do oceano, algumas vagas já foram garantidas por turistas, que já reservaram seus lugares nas seis primeiras jornadas — o que deve acontece até julho do próximo ano.  

Mas não fique preocupado, caso ainda não tenha garantido seu lugar, a OceanGate disse que mais vagas deverão ser disponibilizadas em breve, afinal, as viagens deverão se estender até setembro, acontecendo semanalmente.  

A jornada, ao todo, dura oito dias no Atlântico, partindo de St. John’s, no Canadá. Ao chegarem ao local, os visitantes participarão de um mergulho, que dura entre 6 e 8 horas, a bordo do submarino carinhosamente batizado de Titan — em homenagem ao naufrágio histórico.