Notícias » Música

Paul McCartney chama os Rolling Stones de “banda cover de Blues” em entrevista

Ex-integrante dos Beatles deu uma cutucada em seus conterrâneos em conversa com a revista The New Yorker

Fabio Previdelli Publicado em 13/10/2021, às 13h57

Paul McCartney durante show em 2018
Paul McCartney durante show em 2018 - Raph_PH via Wikimedia Commons

“Banda cover de Blues”, foi dessa maneira que Paul McCartney, lendário ex-integrante dos Beatles, classificou a banda britânica de rock The Rolling Stones em uma entrevista à revista americana The New Yorker.   

"Não tenho certeza se deveria dizer isso, mas eles são uma banda cover de blues, é mais ou menos assim que os Stones são", disse Paul. “Acho que a rede que nós lançamos é um pouco mais ampla do que a deles”. 

Contudo, não é a primeira vez que o músico alfineta seus conterrâneos em uma entrevista. Como relembra matéria da Fox News, Paul disse em conversa com Howard Stern, em abril de 2020, que achava os Beatles melhores que os Stones.  

“Eles estão enraizados no blues. Quando eles estão escrevendo coisas, tem a ver com o blues”, disse McCartney na ocasião. “Tivemos um pouco mais de influências... Há muitas diferenças e eu amo os Stones, mas estou com você. Os Beatles eram melhores”. 

O comentário foi rebatido por Mick Jagger semanas depois, quando o vocalista dos Stones participou do programa Apple Music de Zane Lowe, onde chamou Paul de “querido”, dizendo que “obviamente não há competição” entre os dois grupos.  

“A grande diferença, porém, é, e um tanto sério, é que os Rolling Stones são uma grande banda de concertos em outras décadas e outras áreas quando os Beatles nunca fizeram uma turnê em arenas, ou o Madison Square Garden com um sistema de som decente", declarou.

“Eles se separaram antes que o negócio das turnês começasse de verdade ... Eles [os Beatles] fizeram aquele show no estádio [Shea] [em 1965]. Mas os Stones continuaram”, disse ele. "Começamos shows em estádios na década de 1970 e ainda estamos fazendo isso agora”. 

"Essa é a grande diferença real entre essas duas bandas", acrescentou Jagger. "Uma banda é incrivelmente sortuda, ainda tocando em estádios e a outra banda não existe mais”.