Notícias » Cultura

Paulo Coelho se oferece para cobrir gastos de Festival Jazz reprovado pela Funarte: 'Que seja antifascista e pela democracia'

Evento que acontece há 10 anos foi impedido de levantar verba pela Lei Rouanet

Fabio Previdelli Publicado em 14/07/2021, às 13h08

O escrito Paulo Coelho
O escrito Paulo Coelho - Divulgação/Twitter/Paulo Coelho

Conforme informado pelo O Globo na última segunda-feira, 12, o Festival Jazz do Capão, que já teve oito edições em 10 anos, foi impedido de captar recursos pela Lei Rouanet. O evento já levou para a Chapada Diamantina grandes nomes da música brasileira, como Ivan Lins e Naná Vasconcelos

A negativa partiu da Fundação Nacional das Artes, a Funarte. Segundo O Globo, uma publicação de 1º de junho de 2020 na página oficial do Facebook do evento apresentava uma foto, onde pode-se ler um cartaz escrito: “Festival antifascista e pela democracia”. 

Porém, se depender do escritor Paulo Coelho, a realização do Festival não deixará de acontecer. Isso porque, o autor publicou em seu Twitter, na madrugada de hoje, 14, que ajudará a cobrir os gastos do evento.  

“A Fundação Coelho & Oiticica se oferece para cobrir os gastos do Festival do Capão, solicitados via Lei Rouanet (R$ 145,000) Entrem em contato via DM pedindo a alguém que sigo aqui que me transmita”, tuitou. 

No entanto, Coelho estabeleceu apenas uma única condição para contribuir com a realização do Festival Jazz do Capão: “Que seja antifascista e pela democracia”.