Notícias » Ceará

Pedido de comida em aplicativo chega para cliente com oito dias de atraso

O caso aconteceu no Ceará e o desfecho foi surpreendente; entenda

Penélope Coelho Publicado em 07/04/2022, às 09h38

Imagem meramente ilustrativa de hambúrguer
Imagem meramente ilustrativa de hambúrguer - Divulgação/Pixabay/Pexels

Recentemente, um pedido realizado por um aplicativo de entrega de alimentos chamou a atenção nas redes sociais. No último dia 28, a jovem Kessia Gomes, moradora da região de Horizonte, em Fortaleza, Ceará, fez um pedido para receber hambúrguer e batatas fritas.

A profissional que trabalha como escrevente em um cartório, afirmou que decidiu fazer o pedido no aplicativo iFood para almoçar. “Tinha esperança de chegar antes das 17h. Eu pedi por volta de 15h”, disse Kesia, em entrevista ao portal de notícias g1.

No entanto, mesmo com o pagamento já efetuado através de cartão de crédito, seu pedido nunca chegou. A cliente afirmou que o estabelecimento só entrou em contato com ela oito dias depois.

Eles simplesmente pediram desculpas, como se fosse um atraso de duas horas; falaram que iam entregar, mas antes eu perguntei se ainda ia receber [o pedido]”.

Surpreendentemente a resposta foi positiva, a cliente não havia cancelado o pedido e com mais de uma semana de atraso o restaurante entregou o lanche de Kesia. Entretanto, mesmo com a entrega, a jovem revelou que a saga incomum não teve um final feliz:

Aí chega a parte ruim, porque eu não consegui comer. Não veio em boa qualidade, aí eu achei que poderia ‘me dar um negócio ruim’”, disse Gomes, com bom humor.