Notícias » Brasil

Peixe-boi de 380 kg é resgatada menos de um mês após ser devolvida ao mar do Ceará

Após cinco anos em reabilitação, o animal foi parar em um trecho das águas que poderia correr riscos

Wallacy Ferrari Publicado em 03/08/2021, às 07h37

A peixe-boi durante resgate e tratamento
A peixe-boi durante resgate e tratamento - Divulgação / Aquasis

A peixe-boi "Pintada", assim apelidada por cuidadores que a resgataram em 2015, foi novamente retirada da água após entrar em um rio que poderia oferecer riscos à sua saúde, no município de Itapipoca, no Ceará.

De acordo com o portal G1, o animal havia sido devolvido ao mar há menos de um mês após ficar cinco anos em reabilitação na Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis).

Apesar de ter sido devolvida ao mar por uma praia em Icapuí, no litoral leste do estado, a peixe-boi foi localizada a mais de 300 km de onde foi solta, no rio Cruxati, localizado na região norte do Ceará.

A peixe-boi durante resgate e tratamento / Crédito: Divulgação / Aquasis

Apesar de não encalhar, os fatores de permanência no rio poderiam desfavorecer sua sobrevivência. Ela já havia perdido o equipamento rastreador dias antes do aviso emitido pela população local, que resultou na mobilização para sua retirada segura.

A Aquasis acrescentou que o apoio dos munícipes foram essenciais para garantir a vida do curioso animal de 280 kg: "Nada disso seria possível sem o apoio da comunidade local, que além de nos avisar onde ela se encontrava, participou ativamente no resgate da Pintada", disse ao G1.