Notícias » Estados Unidos

Pela primeira vez, game é aprovado como remédio nos Estados Unidos

O jogo EndeavorRX foi desenvolvido com o propósito de auxiliar crianças que sofrem com déficit de atenção

Caio Tortamano Publicado em 16/06/2020, às 16h00

Um dos personagens do jogo
Um dos personagens do jogo - Divulgação

Depois de uma decisão imposta pela Food and Drug Administration — órgão dos Estados Unidos que decide a respeito do uso de remédios e alimentos — o jogo EndeavorRX é, oficialmente, o primeiro do tipo a ser oficializado como uma medicação. Trata-se de um jogo que o personagem principal (que pode ser customizado) deve realizar um percurso desviando de obstáculos.

Desenvolvido pela produtora Akili Interactive com o objetivo de ativar funções neurais específicas, a obra poderá ser receitada por médicos para crianças de 8 a 12 anos de idade que possuem déficit de atenção. A decisão só foi tomada depois de sete anos de intensos estudos acerca dos efeitos do jogo no desenvolvimento dos pacientes.

Os resultados foram passados do mesmo modo como se receita um medicamento ao qual estamos acostumados. Foi constatado que um terço das crianças que jogassem 25 minutos por dia, cinco dias por semana, durante quatro semanas, não apresentavam mais nenhum déficit de atenção mensurável.

A Akili Interactive afirmou que “as melhorias nas deficiências de TDAH após um mês de tratamento com EndeavorRX foram mantidas por até um mês”. Essa conquista abre espaço para que a indústria de jogos possa atuar também na área da saúde, se seguir as pesquisas e obter aprovação por especialistas e profissionais.