Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Marielle Franco

Pela quinta vez, caso Marielle Franco passa por mudança de delegado

Quase quatro anos depois, o crime que chocou o Brasil ainda não foi inteiramente solucionado

Redação Publicado em 02/02/2022, às 10h31

Fotografia de Marielle Franco, em 2016 - Divulgação/Wikimedia Commons/ Luciana50 • Debate Partida
Fotografia de Marielle Franco, em 2016 - Divulgação/Wikimedia Commons/ Luciana50 • Debate Partida

Na noite da última terça-feira, 1, a Polícia Civil do Rio de Janeiro publicou alterações em relação a equipe que investiga a morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, caso que ocorreu em março de 2018.

Segundo o documento, a investigação passa agora pela quinta mudança de delegado. Alexandre Herdy irá assumir o caso no lugar de Edson Henrique Damasceno, titular da Delegacia de Homicídios da Capital, que agora irá para a chefia do Departamento-Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa (DGHPP).

De acordo com informações publicadas em uma reportagem do portal de notícias g1, a mudança irá ocorrer ainda nesta semana. O caso irá completar 4 anos e ainda não foi totalmente resolvido.

Um ano após o crime, a polícia revelou quem foram os autores dos disparos: o PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio de Queiroz. No entanto, ainda não se sabe quem mandou matar a parlamentar.

Até o momento, as autoridades da Delegacia de Homicídios e o Ministério Público também não conseguiram descobrir o paradeiro da arma utilizada no crime que chocou o Brasil.