Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Pelé é internado para tratar câncer e médicos descobrem infecção urinária

Boletim médico aponta, porém, que quadro clínico de Pelé é estável

Fabio Previdelli Publicado em 22/02/2022, às 10h40

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé - Getty Images
Edson Arantes do Nascimento, o Pelé - Getty Images

No último dia 13 de fevereiro, domingo da semana passada, Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, foi internado no Hospital Israelita Albert Einstein para continuar um tratamento contra um tumor de cólon — doença que foi identificada em setembro de 2021.

Entretanto, exames de rotina apontaram que o ex-jogador possui um quadro de infecção urinária. As informações são do portal G1, que teve acesso ao boletim médico de Pelé. Segundo o portal, seu estado clínico é estável. 

A descoberta foi responsável por estender a permanência de Pelé no hospital por mais um tempo. Embora não se saiba ao certo quanto tempo ainda o futebolista ficará internado, a expectativa é que ele receba alta nos próximos dias. 

No final de janeiro de 2022, conforme informado pela equipe do Aventuras na História, Pelé já havia sido hospitalizado para fazer uma sessão de quimioterapia e seguir seu tratamento contra o tumor no cólon.

Segundo apurado pela ESPN na época, o ex-jogador foi diagnosticado, não só com um tumor no intestino, mas também no fígado e o começo de um tumor no pulmão. O Rei do Futebol acabou recebendo alta no dia 20 daquele mês.