Notícias » Nazismo

Pelo Twitter, Exército Brasileiro homenageia oficial que lutou com as tropas nazistas e foi morto no Brasil

A página do Exército prestou homenagem a Otto Maximilian von Westernhagen, major alemão que atuou durante a Segunda Guerra

André Nogueira Publicado em 02/07/2019, às 08h00

None
- Reprodução

Na última segunda-feira (1), a página oficial do Exército Brasileiro no Twiter prestou uma homenagem oficial ao major alemão Eduard Ernest Thilo Otto Maximilian von Westernhagen, que lutou na Segunda Guerra Mundial do lado do Reich nazista e morreu no Brasil em 1968.

“Prestamos hoje homenagem ao oficial de nação amiga, Major do Exército Alemão Otto Maximilian, aluno da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército que, em 1º de julho de 1968, foi assassinado no Brasil”, descreveu a página.

Post oficial do Exército / Crédito: Reprodução Twiter

 

Isso porque o major von Westernhagen viajara ao Brasil em 1966 para participar de um curso da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) e, no cenário de Guerra Fria, foi assassinado pelo Comando de Libertação Nacional (Colina), um grupo esquerdista de resistência armada contra o Regime Militar.

O Exército descreveu a vida e a morte do nazista como a de “Um sobrevivente da 2ª Guerra Mundial e das prisões totalitárias soviéticas, cuja vida foi encurtada por um ato terrorista insano e covarde”.

A homenagem feita pela conta oficial do Exército também celebrou o fato de que o oficial teria sido o primeiro membro do Exército da Alemanha a participar de um curso do Exército Brasileiro e da ECEME.

A publicação foi rapidamente compartilhada aos milhares de internautas e gerou uma grande onda de insatisfação e repúdio à homenagem, principalmente pelo fato do Exército Brasileiro ter lutado junto aos Aliados contra a Alemanha de Hitler.