Notícias » Entretenimento

‘Pequeno Elvis’: em cena de filme, Elvis Presley ficou excitado

O episódio inusitado, que ocorreu na gravação de “Garotas, Garotas e Mais Garotas”, foi mantido na versão final do filme

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 03/11/2021, às 17h27

Elvis Presley e Laurel Goodwin durante a cena constrangedora
Elvis Presley e Laurel Goodwin durante a cena constrangedora - Reprodução / Paramount Pictures

Em "Garotas, Garotas e Mais Garotas", filme de 1962, o cantor americano Elvis Presley atuou como o galã Ross Carpenter, contracenando com as atrizes Laurel Goodwin e Stella Stevens, mas, foi nas gravações deste filme que o artista protagonizou uma situação constrangedora.

Dançando com Goodwin, que interpretou a personagem Laurel Dodge, uma das possibilidades amorosas de Presley no triângulo amoroso principal de "Garotas, Garotas e Mais Garotas", o cantor de rock e jazz reagiu à fricção das suas calças apertadas, ficando ereto durante a cena — que acabou nem sendo cortada da versão final da produção.

Segundo cobertura do site americano New York Post, a voz por trás de Jailhouse Rock saiu da cena e foi direto falar com seu agente na época, Joe Esposito, e torcer para que não tivesse que gravar de novo. Escrevendo uma das biografias de Elvis Presley que publicou após sua morte, Esposito relembrou o incidente.

Em algum ponto durante todo o movimento e pulos, aquelas calças realmente o esfregaram do jeito errado e o 'pequeno Elvis', como o chamou, ficou ereto", Joe Esposito relatou no livro “Good Rockin' Tonight” de 2016.

Felizmente, pouquíssimas pessoas perceberam a cena, que foi constrangedora para Presley, de forma que o filme foi aos cinemas sem problema nenhum, a despeito da censura intensa da época.