Notícias » Brasil

Pescador sofre paradas cardíacas e convulsões após pisar em peixe venenoso

Caso ocorreu na Praia de Bitupitá, localizada no estado do Ceará

Redação Publicado em 26/04/2022, às 10h46

Na imagem, um peixe-leão
Na imagem, um peixe-leão - Getty Images

Um pescador de 24 anos sofreu convulsões e duas paradas cardíacas depois de pisar acidentalmente em um peixe-leão na Praia de Bitupitá, em Barroquinha, no interior do Ceará.

A espécie venenosa já foi avistada em diferentes áreas do litoral cearense, até mesmo nos principais pontos turísticos da região, como é o caso de Jericoacoara. No entanto, este é primeiro caso de acidente envolvendo o animal em praias brasileiras, conforme afirma o pesquisador Marcelo Soares.

“Esse é o primeiro acidente de peixe-leão registrado no Brasil em campo, em ambiente raso. Havia sido registrado alguns acidentes, mas em aquários, por pessoas que trabalham em aquários. Isso mostra que o animal está invadindo o ambiente”, disse Soares, quem é professor do Instituto de Ciências do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Pescador ficou internado

O jovem, identificado como Francisco Mauro da Costa Albuquerque, teve de ficar seis dias internado em razão do ocorrido. Segundo Ana Vitória Alves Laurindo, esposa dele, o pescador sofreu dores na região onde foi furado imediatamente ao acidente.

Apesar dos acidentes com o peixe-leão serem raramente letais, especialistas afirmam que a toxina neuromuscular injetada pelo animal pode causar sintomas como febre e convulsões, como ocorrera a Francisco.