Notícias » Bizarro

Pescadores encontram misterioso tubarão de duas cabeças

A descoberta inédita foi feita no litoral de São Paulo e sua motivação pode trazer denúncias sobre a atual condição dos oceanos

Pamela Malva Publicado em 03/11/2020, às 15h30

Fotografia do pequeno tubarão de duas cabeças
Fotografia do pequeno tubarão de duas cabeças - Divulgação/Edris Queiroz

Pela primeira vez na história, pescadores encontraram um pequeno tubarão de duas cabeças no litoral de São Paulo. Com duas colunas vertebrais, dois corações e outros órgãos duplicados, o animal foi achado entre as praias de Itanhaém e Peruíbe.

No total, segundo o UOL, cientistas ao redor do mundo só identificaram dez indivíduos nessas condições. Ainda assim, os primeiros tubarões encontrados tinham duas cabeças, mas compartilhavam todos os órgãos, diferentemente do animal encontrado no Brasil.

Atualmente, o pequeno tubarão está sendo estudado por especialistas, como o biólogo Edris Queiroz, do Instituto de Biologia Marinha e Meio Ambiente. Segundo o cientista, resta saber o que causou a deformação no animal marinho.

Fotografia das duas cabeças do tubarão / Crédito: Divulgação/Edris Queiroz

 

Nesse sentido, é possível que os humanos tenham interferido diretamente no desenvolvimento do filhote. Isso porque, como os tubarões são grandes acumuladores de toxinas, a mãe do pequeno animal pode ter absorvido os metais pesados que foram descartados nos oceanos e acabou passando as substâncias para o bebê.

Ainda de acordo com Edris, existem outras possibilidades para a deformação. Entre elas, estão a desregulação hormonal da mãe e a pesca predatória, que teria obrigado a fêmea a colocar mais ovos do que deveria, fundindo dois filhotes em um só.

Independentemente do motivo, os tubarões de duas cabeças não passam da infância, já que são uma presa bastante fácil. O que foi encontrado em São Paulo, por exemplo, não tinha mais do que dois meses, segundo os especialistas.