Notícias » Artes

Pesquisadores concluem que busto de Flora não foi elaborado por Leonardo da Vinci

O inventor italiano tinha a peça atribuída há mais de um século — mas foi desmentido por uma análise cuidadosa

Wallacy Ferrari Publicado em 19/04/2021, às 15h14

Imagem tirada pelos pesquisadores para a análise
Imagem tirada pelos pesquisadores para a análise - Ina Reiche, Lucile Beck & Ingrid Caffy

Um estudo realizado pelo Centro Nacional de Pesquisa Científica da França (CNRS) reuniu evidências para provar que o famoso busto, há décadas atribuído ao inventor Leonardo da Vinci, não foi feito pelo italiano.

A análise foi revelada em publicação na revista Scientific Reports após ser coletada para exames no Museu Bode, na Alemanha.

Adquirida pelo historiador de arte Wilhelm Bode em 1909, o estudo indica que mais de 730 artigos atribuíram a criação ao famoso escultor somente nos dois primeiros anos — agregando valor ao item.

Contudo, o artefato é feito de cera, que não era comum na época renascentista. Dessa maneira, o estudo especulou que o autor pode ser Richard Cockle Lucas, britânico do século 19 que seguiu modelos antigos para realizar criações semelhantes em cera.

O embasamento foi enaltecido pela datação por radiocarbono, que realmente apontou sua conclusão no século 19, quase 300 anos após o falecimento do italiano.

"Isso prova que o busto não foi produzido durante o Renascimento, e, portanto, não pode ser atribuído a da Vinci, apontou os pesquisadores na publicação.