Notícias » Turquia

Pesquisadores descobrem entrada principal de palácio do século 9, na Turquia

O portal descoberto foi produzido com pedras de basalto e tem sete metros de altura

Wallacy Ferrari Publicado em 20/10/2020, às 10h17

Escavadores se reúnem para limpar vestígios
Escavadores se reúnem para limpar vestígios - Divulgação/Twitter/yenisafakEN/20.10.2020

Uma equipe de arqueólogos localizou o portal principal do histórico palácio de Harã, feito no século 9 d.C., sudeste da Turquia. As escavações no sítio arqueológico já duravam dois anos com os esforços dedicados unicamente ao encontro da entrada, sendo realizada ao longo de seis anos ao longo de toda a região pelo Departamento de Arqueologia da Universidade de Harã.

O portal frontal da estrutura possui aproximadamente sete metros de altura em sua abertura e tem o contorno moldado em pedras de basalto, como noticia o portal Daily Sabah. Além da entrada, a equipe localizou algumas inscrições em árabe nas pedras que, de acordo com os pesquisadores, podem auxiliar na datação de maneira mais precisa.

Fotografia do Palácio de Harã por fora / Crédito: Divulgação/Twitter/anadoluagency/20.10.2020

 

Localizado a 44 quilômetros do sudeste de Sanliurfa, o espaço carrega uma importância histórica por ser um dos registros mais antigos da civilização — habitado desde 6.000 a.C. — que conseguiu sobreviver aos ataques nos países do Oriente Médio. Dada a importância, suas primeiras escavações iniciaram em 1950 e as descobertas renderam uma colocação na lista provisória de patrimônios da UNESCO desde 2000.

O líder da escavação, Mehmet Onal, acrescentou a importância das novas descobertas: “É importante não apenas por hospedar as primeiras civilizações, mas é o lugar onde a primeira universidade islâmica foi fundada. A arquitetura civil tradicional, as casas de tijolos com telhados cônicos, são únicas", disse ao Daily Sabah.