Notícias » Arqueologia

Pesquisadores descobrem estruturas inéditas em Machu Picchu

Tecnologia de escaneamento por laser possibilitou o achado; saiba mais detalhes!

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 22/12/2021, às 12h39

Estruturas encontradas em Machu Picchu
Estruturas encontradas em Machu Picchu - Dominika Sieczkowska

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Varvóvia localizou evidências de estruturas históricas no Parque Nacional de Machu Picchu, no Peru. Até então desconhecidas, as construções foram encontradas depois dos profissionais utilizarem  uma tecnologia moderna, conhecida como Light Detection and Ranging (LiDAR), que contou com drones para realizar um escaneamento 3D no sítio arqueológico.

Contando com análises de laser, o LiDAR conseguiu criar um modelo 3-D digitalizado e interativo com os dados obtidos através das diferenças nos tempos de retorno do laser e dos comprimentos de suas onda variáveis — que são convertidos por um programa de computador, criando a imagem renderizada não apenas da superfície, mas do que estava embaixo dela.

Algumas das estruturas de canais d'água encontradas no sítio arqueológico / Crédito: Dominika Sieczkowska

 

Tal tecnologia facilita a remoção digital de obstáculos arqueológicos, como árvores e vegetação, possibilitando descobertas no complexo inca de Chachabamba. Desta forma, 12 pequenas estruturas, construída em um plano circular e retangular foram localizadas dentro do complexo de santuários, no que os pesquisadores acreditam tratar-se de moradias de sujeitos que habitavam a região e auxiliavam em santuários ao redor.

No enredo do estudo, Dominika Sieczkowska, do Centro Andino de Pesquisa da Universidade de Varsóvia, explica outras evidências obtidas: “Há indícios de que eram principalmente mulheres que cuidavam do complexo. como sugerido por objetos descobertos durante escavações anteriores por uma equipe polonesa-peruana”.

Os resultados foram compartilhados em artigo publicado no Journal of Archaeological Science. Para saber mais informações sobre o achado clique aqui!