Notícias » Europa

Pesquisadores descobrem igreja e moedas raras do século 4 na Turquia

A equipe realizou escavações alternadas na estrutura em decorrência da pandemia do novo coronavírus — e revelou um passado surpreendente

Wallacy Ferrari Publicado em 10/08/2020, às 10h35

Foto em plano geral das ruínas da igreja encontrada
Foto em plano geral das ruínas da igreja encontrada - Divulgação/Twitter/HDNER/09.08.2020

Uma equipe de arqueólogos da Universidade Aksaray acredita ter localizado um antigo sítio arqueológico com itens do século 4 d.C. na cidade histórica de Tyana, localizada na província central de Niğde, na Turquia. Desde o início do ano, os trabalhos no local resultaram na descoberta de diversas moedas e resquícios de uma igreja.

O local era escavado desde 2001 por uma equipe italiana, porém, com a transferência para o instituto de arqueologia local, as pesquisas foram suspensas. No início deste ano, o setor de pesquisas da universidade voltou a examinar o local, porém, com a pandemia de covid-19, as equipes foram dividas para que a análise fosse feita de maneira alternada.

Com uma planta octogonal, a estrutura da igreja chama atenção pelos muros parcialmente conservados, com padrões arquitetônicos que remontam ao século 4. As moedas auxiliam na datação, visto que foram depositadas no local como um símbolo de centralização econômica pela instituição religiosa na antiga comunidade.

Em entrevista à agência Anadolu (AA), o chefe do comitê de escavação, professor Osman Doganay, acrescentou que as descobertas dão ênfase a história da região da Capadócia: “Acreditamos que as moedas datam do início do século IV DC. Portanto, temos evidências de quando as fortificações e aquedutos foram construídos aqui. [...] A descoberta mais importante das escavações que realizamos é a igreja de planta octogonal”.