Notícias » Ciência

Pesquisadores descobrem porquê coelhos de Altford correm de maneira peculiar

O animal foi avistado pela primeira vez em 1935, andando somente com as patas dianteiras pelas ruas de Paris

Wallacy Ferrari sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 11/04/2021, às 12h00

Coelho caminha com patas dianteiras
Coelho caminha com patas dianteiras - Divulgação / Youtube

Os coelhos da raça saltador de Alfort intrigam os cientistas há quase um século. Estes coelinhos acrobáticos, na verdade, quando andam lentamente, caminham como qualquer outro coelho: usando as quatro patas, entretanto, quando querem correr, usam apenas os dois membros dianteiros e acabam “plantando bananeira”.

O primeiro bichinho com essa peculiaridade foi encontrado em um subúrbio parisiense em 1935, por veterinários franceses. Ninguém sabia o motivo do curioso modo de andar do animal, até que um estudo publicado pela Plos Genetics — e noticiado pela Super Interessante — desvendou o mistério.

O comportamento é resultado de uma mutação genética que poderia estar oculta no código dos animais da espécie por gerações; o gene mutante atrapalha a comunicação entre as células nervosas e os músculos do animal, desencadeando um pequeno problema motor.

Para se aprofundar na origem das anormalidades do animal, a equipe de geneticistas da Universidade de Uppsala, na Suécia e da Universidade de Porto, em Portugal, cruzaram o saltador Alfort com coelhos que saltam normalmente e sequenciaram o DNA de seus 52 filhotes.

A explicação estava em uma mutação do gene RORB — responsável pela produção de proteínas que neutralizam atividades de células nervosas da medula espinhal. Deixando de funcionar corretamente, o RORB não consegue regular a produção de outras proteínas na medula do coelho, dificuldando a coordenação motora do animal, gerando esse curioso caminhar.

Confira o estudo completo dos geneticistas clicando aqui!