Notícias » Europa

Pesquisadores descobrem restos de machados usados em batalha medieval

As armas estão diretamente relacionadas a uma série de combates que movimentou mais de 50 mil cavaleiros no século 15

Wallacy Ferrari Publicado em 01/09/2020, às 13h27

Dreja apresenta os machados encontrados em entrevista coletiva
Dreja apresenta os machados encontrados em entrevista coletiva - Tomasz Waszczuk/PAP

Uma equipe de pesquisadores localizou duas cabeças de machado em um impressionante estado de conservação no norte da Polônia. De acordo com o historiador Szymon Dreja, descoberta é diretamente relacionada a Batalha de Grunwald, sendo usada em embates corporais há mais de 600 anos.

Szymon, chefe do museu responsável pela história da batalha, acrescentou que a descoberta foi feita após sete anos de pesquisas arqueológicas relacionadas ao episódio. 

“Contextualizando estas descobertas, avaliações preliminares mostram que os [objetos remontam] ao século 15, e o tipo dos machados indica claramente que estão diretamente relacionados com a Batalha de Grunwald", explicou Dreja em entrevista.

Fotos em plano detalhe com ambas as cabeças de machado encontradas / Crédito: Tomasz Waszczuk/PAP

 

De acordo com o portal The First News, cada um deles possui um eixo diferente, tendo um eixo mais longo e outro aberto, porém curto, ambos com aproximadamente 10 centímetros de altura. O estado de conservação é tão impressionante que até mesmo os rebites usados para fixar a haste de maneira à lança se manteve intacto.

A batalha

A Batalha de Grunwald aconteceu em 1410, com o exército polonês-lituano e aliados contra a Ordem dos Cavaleiros Teutônicos, com confrontos contando com mais de 50 mil combatentes da cavalaria, infantaria e artilheiros nos campos próximos ao povoado de Grunwald.