Notícias » Reino Unido

Pesquisadores descobrem saídas secretas em bunker da Segunda Guerra

O espaço foi construído na Inglaterra para recepcionar os agentes especiais de Winston Churchill após a Batalha de Dunkirk

Wallacy Ferrari Publicado em 23/09/2020, às 10h20

Fotografia tirada dentro do bunker
Fotografia tirada dentro do bunker - Divulgação/Keele University

Uma equipe de pesquisadores das Universidades Keele, Staffordshire e London South Bank analisou um impressionante bunker abandonado, construído durante a Segunda Guerra Mundial para esconder combatentes na Inglaterra.

O local foi usado após a evacuação de Dunkirk em junho de 1940, abrigando o exército secreto criado pelo então primeiro-ministro Winston Churchill.

Em novo estudo, publicado no Journal of Conflict Archaeology na última terça-feira, 22, as bases operacionais foram reavaliadas, tendo registros de sua estrutura documentados em uma investigação.

Na operação, os pesquisadores descobriram escotilhas de fuga, câmaras principais intactas e artefatos que incluíam fogões de aquecimento, iluminação e utensílios de cozinha.

Fotografia da superfície do bunker / Crédito: Keele University

 

No artigo, o Dr. Kris Wisniewski, da Universidade de Staffordshire, explicou como os espaços eram escondidos por baixo da terra: “Na superfície, alguns desses bunkers parecem folhas de metal enterradas e amassadas e aposto que a maioria presumiria que acabou de ser deixado lá. Mal sabem eles que na verdade era parte de algo muito maior”.

O professor Peter Doyle, da LSBU, ainda acrescentou que os bunkers serão preservados para pesquisas futuras, visto que revelam partes importantes da história britânica: “As unidades auxiliares se tornaram quase mitológicas, uma defesa de última hora em face da invasão. Nossas descobertas de suas bases operacionais fornecem evidências tangíveis da determinação implacável de defender a Grã-Bretanha em uma de suas horas mais sombrias”.