Notícias » Paleontologia

Pesquisadores do Ceará encontram fóssil de espécie de tubarão de 150 milhões de anos

De acordo com os especialistas, a região de Missão Velha, no Ceará, abriga um importante sítio paleontológico. Confira!

Penélope Coelho Publicado em 06/08/2021, às 14h30

Fóssil de animal marinho de 150 milhões de anos, encontrado no Ceará
Fóssil de animal marinho de 150 milhões de anos, encontrado no Ceará - Divulgação/TVM

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias G1, na última quinta-feira, 5, pesquisadores da Universidade Regional do Cariri em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco, acharam o fóssil de uma espécie de tubarão que viveu há cerca de 150 milhões de anos, em Missão Velha, interior do Ceará.

Os estudiosos informaram que a escavação revelou um espinho dorsal de uma espécie aquática adepta da água doce. Segundo revelado na publicação, o local da expedição já foi um lago.

Escavação em Missão Velha, Ceará / Crédito: Divulgação/G1 CE 

 

Nesse caso recente, o que mais chama a atenção dos especialistas é a idade dos fósseis encontrados na região, que são ainda mais antigos do que aqueles que são achados no famoso município cearense de Nova Olinda, por exemplo.

Para os pesquisadores, a recente descoberta só reitera a importância histórica de Missão Velha. Segundo revelado na reportagem, a região abriga um dos mais notórios sítios paleontológicos do sul do Ceará. Em entrevista ao G1 CE, o paleontólogo Álamo Saraiva falou sobre o potencial do local:

“Eu poderia dizer que, em termos de idade, é onde nós temos a maior diversificação de fósseis. Por exemplo, aqui nós temos passagens de seres vivos de 400 milhões de anos [...] Quando a gente já tinha todo esse material fossilizado, os dinossauros e pterossauros ainda estavam vivos voando sobre essas camadas de ossos”, pontuou.

Sabe-se que agora a pesquisa será encaminhada para um laboratório, o objetivo principal envolve a coleta de mais informações sobre o fóssil dessa espécie de tubarão, encontrada no local.