Notícias » Segunda Guerra

Vazamento de óleo no Nordeste revela caixas misteriosas de naufrágio da Segunda Guerra

Os pesquisadores envolvidos na descoberta identificaram aproximadamente 200 destes objetos

Redação Publicado em 12/10/2019, às 08h00

None
Inter TV Cabugi

Pesquisadores da do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará (UFC), alegam que caixas misteriosas encontradas em diversas praias da região Nordeste estavam em um navio alemão que naufragou em 1944, durante a Segunda Guerra. A descoberta foi realizada durante pesquisas sobre manchas de óleo que surgiram na costa brasileira.

A primeira caixa foi encontrada em outubro do ano passado em Alagoas. Mas após um curto período, passaram a aparecer também nas praias de Aracati, Camocim, Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Trairi, Pecém e Serviluz, no Ceará. Aproximadamente 200 destes objetos foram identificados. 

Crédito: Inter TV Cabugi

 

O navio em questão naufragou no começo do ano de 1944, mas só pôde ser encontrado mais de 50 anos depois. "Navios naufragados começam a sofrer corrosão, então, décadas depois, começam a vazar as suas cargas. E por ter acontecido no Oceano Atlântico perto do Nordeste, elas [as caixas] chegaram até aqui", explica o professor Luís Ernesto Bezerra, envolvido na descoberta.

Os especialistas ainda não conseguiram identificar o uso dos grandes fardos de borracha. Ao encontrá-los, o que deu a maior pista da sua origem foram os inscritos em alemão, revelando uma possível associação com o navio afundado pela força aérea dos Estados Unidos. "Temos 99% de certeza dessa origem", disse o oceanógrafo físico do Labomar, Carlos Teixeira.