Notícias » Pré-História

Pesquisadores encontram fóssil de tartaruga marinha esmagada por dinossauro

Morto após ser arrastado pela maré, o animal foi descoberto em montanha da Suíça

Joseane Pereira Publicado em 11/09/2019, às 09h00

None
Reprodução

Nas montanhas Jura da Suíça, que dão o nome ao período Jurássico, paleontólogos encontraram o fóssil de uma tartaruga esmagada. A descoberta foi publicada no Swiss Journal of Geosciences, e os pesquisadores acreditam que o animal teria sido esmagado pelo dinossauro após encalhar em uma praia.

Reconstrução do casco / Crédito: Reprodução

 

A tartaruga foi encontrada durante uma extensa escavação que precedeu a construção da Rodovia A16, projeto apelidado de Paléontologie A16. Segundo artigo publicado, "a configuração da tartaruga fóssil sugere que a concha foi possivelmente pisada por um grande dinossauro saurópode”. Essa espécie de dinossauro tinha pescoço comprido e patas semelhantes às de um elefante.

A hipótese de que a tartaruga morreu esmagada pelo grande animal foi validada pela análise da profundidade do fóssil: ele estava a 7,5 centímetros abaixo da terra, altura semelhante às pegadas do dinossauro.

Ilustração da pata do saurópode / Crédito: Reprodução

 

"As evidências são bastante claras", afirmou Daniel Marty, paleontólogo do Museu de História Natural de Basileia, Suíça, que participou do estudo. "É meio engraçado, e também mostra que esses dois animais estavam no mesmo ambiente paleoambiental".