Notícias » Roma Antiga

Pesquisadores encontram navio romano naufragado na Croácia, a maior descoberta do século no país

A embarcação impressiona por seu comprimento de mais de 5 metros e possui os traços necessários para uma análise profunda de suas características

Wallacy Ferrari Publicado em 04/05/2020, às 06h00 - Atualizado às 08h34

Pontos estruturais da embarcação descoberta na Croácia
Pontos estruturais da embarcação descoberta na Croácia - Grad Poreč

Um navio de madeira localizado no sitio arqueológico Porta de Mar, na Croácia, está sendo apontado como a principal descoberta arqueológica do país no século 21 pela imprensa croata, em decorrência à sua preservação e informações sobre a forma que o transporte marítimo se desenvolveu na antiguidade.

O sítio arqueológico é situado na cidade de Ístria, que compõe a região histórica de Dalmatia, conhecida por ser fundada por romanos e ter edifícios com a arquitetura característica de seus fundadores. Também com semelhanças a engenharia romana, o navio naufragado foi desenterrado na antiga orla da cidade.

Pesquisadores registram a descoberta do navio naufragado / Créditos: Grad Poreč

 

Os resquícios do navio se mantiveram preservados graças a lama presente na região, que tomou a estrutura, impossibilitando a oxigenação e conservando as madeiras. Os restos encontrados têm cerca de 5 metros de comprimento e 1,7 metro de largura, além de conter um mastro e uma vela em sua estrutura original.

Em entrevista ao Archeology.org, um dos arqueólogos presentes na escavação, Bartolić Sirotić, explicou que os elementos originais que possibilitam a identificação da embarcação permaneceram intactos, sendo “principalmente o molde, as costelas e a quilha". Cabe à equipe avaliar os resquícios e verificar qual foi a função histórica do navio.