Notícias » América Latina

Pesquisadores encontram rara espécie de orquídea nos Andes

De acordo com especialistas, a planta sobrevive na sombra escura da floresta

Luíza Feniar Migliosi sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 13/08/2021, às 12h19

Nova espécie de orquídea Lepanthes microprosartima
Nova espécie de orquídea Lepanthes microprosartima - Divulgação / F. Tobar

Uma nova espécie de orquídea, batizada de Lepanthes microprosartima, foi descoberta por pesquisadores que estudavam a variedade de plantas que atraíam beija-flores no noroeste do Andes, no Equador, como revelou uma reportagem da revista Galileu.

Dentre as 400 espécies de plantas descobertas, a orquídea se destacou na publicação feita no jornal científico PhytoKeys na última segunda-feira, 9. A flor foi encontrada, em 2017, em um trabalho do Instituto Federal Suíço para Pesquisa de Florestas, Neve e Paisagem (WSL), com colaboração do Conselho Europeu de Pesquisa e da ONG Aves y Conservation.

Durante os três anos, os pesquisadores colocaram câmeras para observar as plantas que atraíam os beija-flores em 18 regiões da floresta, com diferentes altitudes e níveis de terrenos. Dessa maneira, eles descobriram 40 exemplares de L. microprosartima, que crescem a uma altitude de 3,2 mil a 3,8 mil metros acima do nível do mar e sobrevivem mesmo na sombra escura da floresta.

Nova espécie de orquídea descoberta / Crédito: Fotografia de F. Tobar 

 

Devido o baixo número encontrado, as orquídeas foram classificadas como raras e os pesquisadores acreditam que ocorrem apenas nas encostas ocidentais do vulcão Pichincha, na região das reservas Yanacocha e Verdecocha. A União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) classificou a espécie como criticamente em perigo.

As amostras foram prensadas e secas para serem comparadas com as espécies do mesmo gênero, cujas descrições e coleções são encontradas no México e em países da América Central e da América do Sul.

Confira a pesquisa completa aqui.