Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Nelson Piquet e Lewis Hamilton

Piquet se desculpa por comentário racista sobre Hamilton: 'O que eu disse foi mal pensado'

Ex-piloto Nelson Piquet se desculpa por fala racista contra Lewis Hamilton, alegando que foi traduzida incorretamente

Redação Publicado em 29/06/2022, às 16h59

Nelson Piquet e Lewis Hamilton - Getty Images e Agência Brasília via Wikimedia Commons
Nelson Piquet e Lewis Hamilton - Getty Images e Agência Brasília via Wikimedia Commons

O ex-piloto brasileiro, Nelson Piquet, se desculpou por fala racista contra o piloto britânico Lewis Hamilton, em comunicado enviado para imprensa nessa quarta-feira, 29. Segundo ele, o termo foi traduzido de maneira equivocada.

Após ter chamado o piloto da Mercedes, Hamilton, de "neguinho" durante uma entrevista em novembro do ano passado para o jornalista Ricardo Oliveira, o ex-piloto Nelson Piquetfoi repreendido pela FIA, Fórmula 1 e Mercedes, nessa terça-feira, 28.

Em comunicado à imprensa, Piquet tentou justificar sua fala:

"O que eu disse foi mal pensado, e eu não vou me defender por isso, mas eu vou deixar claro que o termo é um daqueles largamente e historicamente usados de forma coloquial no português brasileiro como sinônimo de 'cara' ou 'pessoa' e nunca com intenção de ofender. Eu nunca usaria a palavra que estou sendo acusado em algumas traduções. Condeno veementemente qualquer sugestão de que a palavra tenha sido usada por mim com o objetivo de menosprezar um piloto por causa de sua cor de pele. Eu me desculpo com todos que foram afetados, incluindo Lewis, que é um grande piloto, mas a tradução em algumas mídias e que agora circula nas redes sociais não é correta. Discriminação não tem espaço na F1 ou na sociedade e estou feliz em deixar claro meus pensamentos sobre isso".

O próprio Lewis Hamiltonrespondeu ao comentário racista em português. Em seu Twitter, ele declarou "Vamos focar em mudar nossa mentalidade". "É mais do que linguagem. Essas mentalidades arcaicas precisam mudar e não têm lugar no nosso esporte. Fui cercado por essas atitudes e alvo de minha vida toda. Houve muito tempo para aprender. Chegou a hora da ação", acrescentou em inglês.

Termo racista usado em entrevista

Em novembro de 2021, Piquet comparou o acidente que envolveu Ayrton Senna e Alain Prost de 1990 na largada do GP do Japão com o GP da Inglaterra, 31 anos depois, criticando a atitude de Lewis Hamilton. A entrevista foi publicada pelo canal especializado em automobilismo, 'Enerto', segundo o UOL.

 "O neguinho [Lewis Hamilton] meteu o carro e não deixou [desviar]. O Senna não fez isso. O Senna saiu reto. O neguinho meteu o carro e não deixou [Verstappen desviar]. O neguinho deixou o carro porque não tinha como passar dois carros naquela curva. Ele fez de sacanagem. A sorte dele foi que só o outro [Verstappen] se fodeu. Fez uma puta sacanagem", disse o ex-piloto.