Notícias » Roma Antiga

Placa de metal com maldição divina da época romana é encontrada na Bélgica

As marcas do objeto fazem referência a diversos deuses, incluindo Yahweh, e ele pode ter sido usado em ritual peculiar

André Nogueira Publicado em 30/06/2020, às 13h00

Tábua metálica com inscrição
Tábua metálica com inscrição - Museu Galo-Romano

Uma impressionante placa metálica da Era Romana foi encontrada numa escavação em Tongeren, na Bélgica, contendo uma maldição que teria sido proferida por alguém chamado Gaius Iulius Viator — que se especula ter sido alguém influente na época. A descoberta, considerada única no país, ocorreu em 2016, mas só foi revelada essa semana pelo Museu Galo-Romano.

O artefato de chumbo possui uma série de inscrições do primeiro século da Era Cristã, muito bem preservadas. Suas dimensões são de um quadrado de 12 cm de lado. Possui marcas de unhas que indicam que teria sido arrancado de alguma superfície, segundo pesquisadores da Universidade Livre de Bruxelas.

Os desenhos e marcações alfabéticas possuem significado mágico e de feitiços ligados a nomes de deuses. Aspectos da escrita grega se mesclam com nomes de deuses do Levante semita, em especial Yahweh, dos israelitas, e Baal, dos cananeus. Encantamentos parecem ser proferidos por um alfabeto no topo da imagem.

Tablete completo e representação levantina de Baal / Crédito: Museu Galo-Romano / Wikimedia Commons

 

 “Os nomes das divindades orientais são impressionantes. Eles foram adorados na região do Israel moderno. Os pesquisadores sabem com certeza que é um retrato de maldição. O metal usado, ou seja, chumbo, também indica mágica negativa”, segundo comunicado do Museu. “Foi associado ao submundo”.

A descoberta singular pode elucidar sobre a prática da feitiçaria na periferia romana, que ainda se discute muito. Há hipóteses que apontam para fórmulas mágicas antecedidas por manuais que podem ter sido usadas na fabricação do material. Não está claro o motivo dessa maldição em específico, mas ao que tudo indica, ela foi realizada e pregada na casa do amaldiçoado.