Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Luís de Camões

Poema inédito de Luís de Camões é encontrado em manuscrito de 1666

Poeta português fez a descoberta notável em arquivos da Biblioteca Digital Hispânica

Redação Publicado em 14/07/2022, às 11h02

O poeta Luís de Camões - Fernão Gomes/Domínio Público/Wikimedia Commons
O poeta Luís de Camões - Fernão Gomes/Domínio Público/Wikimedia Commons

Um poema inédito de um dos maiores poetas do Classicismo, Luís de Camões, foi encontrado em um manuscrito datado em 1666, que está preservado nos arquivos da Biblioteca Digital Hispânica.

A descoberta do texto foi anunciada pelo poeta e pesquisador português Nuno Júdice nesta quarta-feira, 14, responsável por identificar o poema cuja autoria é atribuída a Camões no acervo da biblioteca.

“É uma esperança para os investigadores. Não está tudo estudado ou descoberto”, disse Júdice à agência Lusa.

Segundo o jornal O Globo, o poema não foi divulgado e, para que possa ser publicado no futuro, exigirá um trabalho que deve contar com a participação de outros especialistas na temática.

Conteúdo do poema

Chamado "Cristo atado à Coluna", o texto apresenta uma perspectiva pouco ortodoxa do que era visto no catolicismo da época em que Camões viveu. No poema, ele escreve, por exemplo, que “Cristo é torturado e chicoteado, mas liberta-se pelo amor à humanidade”.

Júdice explicou ainda que o poema do autor de “Os Lusíadas” havia sido editado anteriormente, durante o século 17, por outro escritor português, o humanista Manuel de Faria.