Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Roman Polanski

Polanski é absolvido por suposta difamação contra atriz que o acusa de estupro

Atriz alegava ser vítima de uma campanha de difamação que “quase destruiu” sua vida após revelar os abusos sofridos durante a década de 1980

por Giovanna Gomes

ggomes@caras.com.br

Publicado em 14/05/2024, às 09h31

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O cineasta Roman Polanski - Getty Images
O cineasta Roman Polanski - Getty Images

O cineasta franco-polonês Roman Polanski foi absolvido de difamar a atriz britânica Charlotte Lewis por um tribunal francês nesta terça-feira, 14.

Em maio de 2010, durante o festival de Cannes, Lewis acusou Polanski de estuprá-la quando ela era adolescente, afirmando que o diretor a "agrediu sexualmente" durante um casting em sua casa, em Paris, em 1983, quando ela tinha 16 anos. Apesar de participar do filme "Piratas", lançado em 1986, Lewis não fez uma denúncia formal na época, mas prestou depoimento à polícia americana.

Lewis testemunhou em um tribunal criminal de Paris em março, alegando ser vítima de uma campanha de difamação que “quase destruiu” sua vida após revelar os abusos ocorridos na década de 1980. As informações são do portal O Globo.

Acusações

De acordo com a fonte, o diretor franco-polonês de 90 anos, que anteriormente rotulou as acusações como uma "mentira odiosa", não esteve presente no tribunal e foi representado por seus advogados. Lewis, por sua vez, compareceu à audiência.

Vencedor do Oscar e de uma Palma de Ouro, Polanski enfrentou várias acusações de assédio e estupro ao longo de sua carreira, embora todas estivessem prescritas e ele nunca tenha sido condenado. Ele sempre negou todas as acusações.